Dicas de Harmonização Deixe um comentário

Dicas de Harmonização

Acredito que todos nós já tomamos aquela cervejinha deliciosa com aquele petisco favorito certo? Mas sabia que nem sempre a sua cerveja preferida combina com sua comida favorita?

Então aqui vamos dar algumas dicas básicas na hora de procurar uma boa harmonização entre Cerveja e Comida.

Primeiramente, o que é a Harmonização?

Chamamos de Harmonização aquela busca por um prazer sensorial onde as características de ambos são exaltados e/ ou revelados. É uma experiência única e pessoal, mas que segue certos padrões e sugestões.

Existem 3 parâmetros da Harmonização

Harmonização por Semelhança –  ela é baseada na combinação entre os sabores das cervejas e dos prratos com elementos comuns de acidez, doçura, aromas tostados, aromas frutados ou herbais.

Harmonização por Contraste –  é baseada na combinação entre cervejas e pratos que tenham elementos que contrastem entre si como, por exemplo, acidez e doçura, picância e refrescância , amargor e doçura, robustez e leveza, de forma que o sabor final combinado esteja equilibrado , sem que a cerveja ou o alimento se sobressaiam.

Harmonização por Corte –  se dá quando , por exemplo, os elementos da cerveja quebram algumas das propriedades do alimento harmonizado. Isso é facilmente detectado, por exemplo, quando a alta carbonatação da cerveja “limpa” da boca a gordura residual de um queijo ou a picância de um prato apimentado, preparando o paladar para uma nova investida.

Entre as cervejas, há características que ajudam a buscar a compatibilidade com os alimentos

O Tipo de Malte –  influencia bastante na intensidade do sabor (mais torrado, como o de uma Dark Ale ou menos, como o de uma Amber Lager);

A Quantidade de Lúpulo – existem tabelas usados por cervejeiros para medir o chamado IBU (índice de amargos da cerveja). Nessa classificação o amargor da India Pale Ale e da Imperial Stout é considerado acentuado, já o da Weizenbock ou a Vienna são tidas como pouco amargas;

O Teor Alcoólico – cervejas com alto teor alcoólico vão bem com pratos mais intensos, tanto no sabor quanto na sustância. Tentar equilibrar o índice alcoólico da cerveja com o teor da gordura do prato é um bom caminho para harmonizar.

Sugestões de Harmonização por estilos

Pilsen – as Cervejas Pilsen são leves e descontraídas, podem acompanhar queijos leves, nozes, amendoins ou castanhas, e pratos que não gerem atrito de sabores, como pastel, croquete e comidas de boteco que tem gordura. As de origem tcheca ou alemã podem ser bons temperos para saladas. Frutos do mar como camarão, lula e mariscos refogados também são uma boa alternativa de consumo em praias.

Weiss – as chamadas “coringas”, combinam com salada, pratos leves, culinária japonesa ou queijo de cabra. Opção também para comidas mexicanas, pela carbonatação e acidez que apresentam , assim como massas recheadas e comidas de boteco.

Vienna Lager – as Vienna Lager apresentam equilibrio entre o lúpulo e o malte, casam bem com hambúrguer grelhado.

IPA – têm como estrela o lúpulo e vão bem com comidas gordurosas, pois ajudam a limpar o paladar. Combinam com costelinha de porco, carne assada, filét mignon ou salmão.

Porter ou Stout – cervejas pretas de origem inglesa, com notas de café e chocolate, harmonizam bem com bifes grelhados, brownies, cheesecake, chocolate ou frango na brasa.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishItalianPortugueseSpanish